21 set

Sai a nova versão da Libertas

A nova versão da distribuição Libertas Debian GNU/Linux está finalmente pronta, após uma série de testes no ambiente da Secretaria Municipal de Educação. Uma vez que a Libertas tornou-se uma personalização da versão estável da Debian (daí o seu “sobrenome”), adotamos a mesma numeração de versão dessa distribuição. Por isso, a versão atual é a 8.

Além das versões atualizadas de todos os pacotes da versão anterior, essa nova edição da Libertas contém algumas alterações significativas, tanto de software quanto de funcionalidades.

Em primeiro lugar, mudamos o ambiente desktop para o Plasma, do projeto KDE. Como nos baseamos na versão estável da Debian, a versão atual do Plasma é a 4.14. Quebramos a regra de sincronização com a Debian em dois pacotes: o LibreOffice e o Firefox. Em relação ao primeiro, optamos por utilizar uma versão mais recente (5.1) por considerarmos a questão de compatibilidade com outros formatos de documentos. Já o Firefox foi incluído no lugar do Iceweasel, antecipando a decisão da própria Debian de inclui-lo na próxima versão estável.

Além desses, acrescentamos também uma série de outros pacotes, ausentes na versão anterior. Entre os destaque, temos:

  • aplicações para simulação de eletrônica e do Arduino;
  • Minetest, jogo que usa a mesma dinâmica do Minecraft, mas com mais recursos e a possibilidade de acrescentar funcionalidades via plugins;
  • ambiente de programação Scratch, voltado para crianças;
  • software de modelagem molecular PyMol;
  • GeoGebra, um software educacional de Matemática.

Entre as funcionalidades, o maior destaque vai para a possibilidade de atualizações do sistema serem realizadas pelo próprio usuário. Isso simplifica o processo de pequenas atualizações ou até mesmo de inclusão de novos pacotes, disponibilizados no repositório personalizado da Libertas.

Abaixo temos a tela inicial padrão do sistema (clique na imagem para ampliá-la:

Imagem da tela inicial da Libertas